29 de jul de 2017

PSD Nacional Decide Expulsar Gony Arruda Por Infidelidade Partidária


O Diretório Nacional do Partido Social Democrático (PSD) decidiu pela expulsão sumária com cancelamento da filiação do deputado estadual Esmerino Oliveira Arruda Coelho Júnior, Gony Arruda, por infidelidade partidária. Além disso, a decisão autoriza o Diretório Estadual a ingressar na Justiça Eleitoral para pedir o mandato do parlamentar.
A deliberação do PSD Nacional atende à representação ingressada pelo Diretório Estadual do PSD, na qual ressalta que o deputado cometeu infidelidade partidária por contrariar orientação estabelecida com relação à votação da PEC 07/2017 que trata da extinção do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM). O PSD havia “fechado questão” pela manutenção do TCM, no entanto Gony Arruda, na votação em primeiro turno da proposta, no dia 20 de julho, votou a favor da PEC que prevê o fim daquela corte de contas.
Na decisão, o diretório nacional lembra que o mesmo procedimento foi feito com relação ao deputado estadual Osmar Baquit, que também se posicionou a favor da extinção do TCM.
A decisão do PSD Nacional deverá ser encaminhada ao deputado Gony Arruda pela Direção Estadual do partido para que, “se assim entender”, o parlamentar faça sua manifestação em reverência a mais ampla defesa e contraditório. O PSD Estadual se reunirá nos próximos dias para definir sobre o pedido de mandato do deputado junto à Justiça Eleitoral.
(Acompanhe as publicações do  SENADOR SÁ ONLINE no Facebook. Curta  AQUI )
Postar um comentário