8 de fev de 2017

Justiça Pede Cassação De Prefeita e Vice De Alto Santo Por Irregularidades Na Prestação De Contas Da Campanha

MPCE considera situação 'gravíssimas'. Iris e Gilca omitiram gastos eleitorais.

SENADOR SÁ ONLINE

A Promotoria de Justiça da Comarca de Alto Santo protocolou ação pela cassação da prefeita Maria Irisneile Gadela (PSB) e da vice-prefeita Gilca Maria Machado (PT) do município por irregularidades na prestação de contas da campanha eleitoral de 2016. A ação baseia-se em decisão já protocolada pelo juiz eleitoral da 86ª Zona, que constatou as ilegalidades e rejeitou as contas da chapa.
“A gama de dispositivos conjuntamente considerados montam uma situação de total desprezo pela prestação de contas eleitoral, de modo que, como o ínclito Magistrado desta Zona Eleitoral já se pronunciou na prestação de contas originária, as condutas aqui perpetradas são gravíssimas, devendo conduzir, a nosso sentir, indubitavelmente, a cassação dos diplomas conferidas as representadas”, argumenta o membro do MP na ação.
Dentre as falhas encontradas, destacam-se a realização de despesas antes da abertura da conta de campanha e após a data das eleições e a omissão de gastos eleitorais. O Ministério Público Eleitoral requereu à Justiça o recebimento da representação específica e, caso considerada procedente, a cassação dos diplomas das gestoras municipais.
Via Cearanews7
   (Acompanhe as publicações do  SENADOR SÁ ONLINE no Facebook. Curta  AQUI )
Postar um comentário