16 de nov de 2016

PF PRENDE GAROTINHO, EM PROCESSO QUE APURA COMPRA DE VOTOS

ELE FOI PRESO EM CASA, INVESTIGADO POR CORRUPÇÃO ELEITORAL
SENADOR SÁ ONLINE

A Polícia Federal prendeu nesta anhã o ex-governador do Rio de Janeiro Athny Garotinho (PR), secretário de Governo da prefeitura de Campos de Goytacazes (RJ), cuja prefeita é sua mulher, Rosinha Garotinho (PR). Ele foi preso em sua residência no Flamengo, zona sul do Rio. Ele é acusado. O mandado de prisão foi expedido pelo juiz Glaucenir Silva de Oliveira.
O advogado de Garotinho havia se antecipado no último dia 12, quando impetrou habeas corpus com pedido de liminar para garantir que o Juízo da 100ª Zona Eleitoral não decretasse prisão provisória contra ele.
A prisão faz parte da ‘Operação Chequinho’, que investiga a compra de votos durante a eleição do dia 2 de outubro, no município de Campos.
A PF prendeu, em outubro, dois vereadores em Campos, no Norte Fluminense. Eles são suspeitos de fraudar programa assistencial em troca de votos.
   (Acompanhe as publicações do  SENADOR SÁ ONLINE no Facebook. Curta  AQUI )
Postar um comentário