24 de out de 2016

'Roubo, Mas Não Peço Propina', Diz Candidato a Prefeito De BH Durante Debate

O clima esquentou durante debate entre os candidatos a prefeito de Belo Horizonte, João Leite (PSDB) e Alexandre Kalil (PHS), que lidera as pesquisas de intenção de voto, realizado na noite desta sexta-feira (21) e promovido pela RedeTV, pelo portal UOL e pela revista Veja. Durante o primeiro bloco, o tucano acusou seu adversário, que ficou conhecido no Brasil quando foi presidente do clube Atlético-MG, de “roubar” o dinheiro dos pobres ao não pagar impostos e dívidas trabalhistas. Na réplica, o adversário disparou. “Eu roubo, mas eu não peço propina em Furnas”, disse.
A acusação de Kalil refere-se a famosa “Lista de Furnas”, documento sobre um suposto esquema de caixa dois nas eleições de 2002, que teria sido conduzido pelo PSDB e aliados a partir da empresa estatal Furnas Centrais Elétricas.
Leite, que aparecia listado como destinatório de R$ 150 mil, reagiu dizendo “Vai ter que provar”, vai ter que provar” e pedindo direito de resposta. Após o fim do primeiro bloco, a organização do debate concedeu direito de respeito ao tucano, que afirmou que a “Lista de Furnas” foi considerada falsa pela Polícia Federal.
Confira a íntegra do primeiro bloco do debate em que ambos trocaram acusações:
           (Acompanhe as publicações do  SENADOR SÁ ONLINE no Facebook. Curta  AQUI )
Postar um comentário