21 de out de 2016

Madalena: Zarlul, Afastado Do Cargo, Renúncia Para Escapar Da Cassação

SENADOR SÁ ONLINE
Acuado e com medo de perder seus direitos políticos, o prefeito afastado de Madalena, Zarlul Kalil Filho (PDT), protocolou na tarde dessa quinta-feira, 20, pedido de renúncia de seu cargo junto a Câmara Municipal daquele município. Zarlu perdeu a disputa pela reeleição e enfrenta um processo na de cassação na Câmara Municipal. O pedido de cassação dos direitos políticos do ex-gestor &n bsp;foi formalizado e protocolado, na última sexta-feira 14, por cinco moradores do município: Antônio Ribeiro Barros, Willams Sousa Rodrigues, Kilvia Kéila dos Santos da Cruz Ribeiro, Weverton Victor Teixeira e Jorge Luis Pinheiro Barros. Ainda constava as assinaturas de 123 pessoas que apoiaram a iniciativa.
No documento entregue ao presidente da Câmara, Paulo Cezar Rocha Carneiro, os moradores apresentam denúncia por infração político-administrativa contra o prefeito afastado, objetivando que seja recebida e após a ampla defesa, enseje na possível cassação do mandato eletivo do denunciado. De acordo com a denúncia, ”é público e notório que a gestão de Zarlul cometeu diversas irregularidades consistentes nos seguintes argumentos: Atraso salarial dos servidores, que estão há dois meses sem receber; ausência do repasse à Caixa e Banco do Brasil dos valores descontados em folha dos servidores; ausência de repasse das contribuições confederativas e sindicais do Sindicatos dos Servidores, tendo os valores sido descontados dos vencimentos dos servidores; ausência de repasse ao INSS e das contribuições previdenciárias dos servidores e descumprimento da Lei de Responsabilidade Fiscal no que diz respeito ao limite de gasto com pessoal”.
Com a renúncia que surge a seis dias após populares terem entrado com novo pedido de cassação junto aquela casa legislativa, Zarlul livra-se da cassação. A sessão que iria apreciar o pedido aconteceria amanhã, sábado 22. O vice-prefeito do município, Eurivando Vieira, que responde pela Prefeitura, desde o afastamento de Kalil assumirá o paço municipal até 31 de dezembro. No documento de renúncia conseguido Zarlul alegou renunciar ao cargo de prefeito por motivos pessoais.
SENADOR SÁ ONLINE
           (Acompanhe as publicações do  SENADOR SÁ ONLINE no Facebook. Curta  AQUI )
Postar um comentário