10 de mar de 2016

Perguntas Frequentes Sobre o Matrimônio

PORTAL DE NOTÍCIAS DE SENADOR SÁ

1. Um padre pode dar a absolvição para uma pessoa que convive maritalmente com um recasado? Não, porque não há como se arrepender porque o pecado permanece. Essa mesma pessoa pode comungar? Não, porque está em estado de pecado.

2. Uma pessoa separada de um cônjuge, casados na Igreja, pode namorar? Não, seria adultério.
3. Pode-se namorar uma pessoa que foi casada na Igreja e hoje está divorciada? Não, seria adultério.
4. Com o casamento somente no civil é possível confessar e comungar? Não, seria adultério para a Igreja.
5. Uma pessoa separada de um cônjuge com casamento na Igreja Católica, se vive só pode comungar? Sim, se se vive em castidade.
6. Uma pessoa que vive maritalmente com outra (“juntada”) pode comungar? Não, está no pecado da fornicação.
7. Um padre pode absolvê-la de tal pecado? Não, enquanto a convivência se mantiver.
8. Se uma pessoa vive na mesma casa, mas não vive maritalmente pode comungar? Sim, conforme o Papa Bento diz: “Enfim, caso não seja reconhecida a nulidade do vínculo matrimonial e se verifiquem condições objetivas que tornam realmente irreversível a convivência, a Igreja encoraja estes fiéis a esforçarem-se por viver a sua relação segundo as exigências da lei de Deus, como amigos, como irmão e irmã; deste modo poderão novamente abeirar-se da mesa eucarística, com os cuidados previstos por uma comprovada prática eclesial” (Sacramentum Caritatis, n. 29).
(Acompanhe as publicações do PORTAL no Facebook. Curta AQUI )

PORTAL DE NOTÍCIAS DE SENADOR SÁ
Postar um comentário