6 de mai de 2016

REGINA 55 CLIP OFICIAL


REGINA 55 CLIP OFICIAL

Você Faz o Suco De Laranja e Joga a Casca Fora?

SENADOR SÁ ONLINE

Não faça mais isso.
A casca de laranja é rica em propriedades medicinais.
Por isso você não deve desperdiçar todo esse potencial dela.
Com ela, por exemplo, você pode fazer um chá poderosíssimo, especialmente para quem tem enxaqueca e/ou colesterol alto.
E o chá pode ser enriquecido com cravo-da-índia, que é anti-inflamatório e antioxidante (previne o envelhecimento das células).
Além de tratar enxaqueca e diminuir colesterol,  o chá de casca de laranja com cravo-da-índia tem vários outros benefícios.
Por exemplo, ele trata:
- Artrite
- Gota
- Excesso de ácido úrico
- Problemas de intestino preso
- Hipertensão (pressão alta)
- Febre
- Fraqueza
- Cálculos renais
- Úlceras, obesidade
Além de tudo isso, ele é digestivo e anti-inflamatório.
O chá é muito fácil de fazer:
Pegue uma laranja, de preferência orgânica, e lave muito bem a casca.
Descasque-a e ponhe a casca para secar num ambiente livre de umidade por 24-48 horas.
Quando a casca estiver secar, ferva essa casca com 10 cravos-da-índia em um litro de água por cinco minutos e tome durante o dia.
Com a casca de laranja, você pode fazer também um incrível desinfetante ecológico.
Além de limpar e desinfetar, ele deixa a casa com um cheirinho muuuiiiiitoooo gostoso!
E, por isso, também pode ser usado como spray purificador de ar.
E ainda é muito eficiente na limpeza de manchas no piso, inclusive de ferrugem.
E não sabe as sujeirinhas do nosso animal de estimação?
É perfeita a limpeza com este desinfetante.
A casca de laranja tem forte atividade bactericida e fungicida.
E como é produzido este desinfetante?
É muitíssimo fácil.
Veja:
Encha um pote de vidro (como este da foto) com casca de laranja.
Acrescente vinagre até cobrir toda a casca.
Feche e deixe o vidro em lugar escuro por três semanas.
Passado esse tempo, coe e transfira para outra embalagem (uma mais apropriada para produto de limpeza).
Depois é só usar seu desinfetante.
E todos vão gostar.
Principalmente o meio ambiente!
A casca de laranja tem muitas outras utilidades.
Conheça mais três:
1. Peeling corporal
Se você quiser que sua pele fique macia e firme, tudo que precisa fazer é colocar casca de laranja em um gaze e usá-la como uma esponja durante o banho.
Este é o peeling corporal mais simples que existe.
2. Inseticida
Coloque casca de laranja nos lugares onde você há insetos.
Eles não gostam do cheiro da casca de laranja.
3. Elimina chulé
Coloque casca de laranja dentro do sapato.
A casca vai absorver completamente o mau cheiro.
Notícias sobre tratamentos caseiros. Ele não substitui o trabalho de um especialista. Consulte sempre seu médico.
                           (Acompanhe as publicações do  SENADOR SÁ ONLINE no Facebook. Curta  AQUI )

Vereador Acusa José Carlos Araújo De Compra De Voto Em 2014

SENADOR SÁ ONLINE
O presidente da Câmara Municipal de Morro do Chapéu, no centro norte baiano, acusa o presidente do Conselho de Ética da Câmara dos Deputados, José Carlos Araújo (PR-BA), de compra de votos durante a eleição de 2014. Segundo informações da coluna Painel, do jornal Folha de S. Paulo, João Humberto Batista (PSD) possui uma gravação na qual Araújo estaria relatando uma negociação de votos com um deputado estadual. O cara tá querendo 100, mas dá pra gente regular. Regulamos, o cara fez por 75, três de 25. Fizemos o negócio e pagou o cara”, afirma o parlamentar na gravação obtida pela coluna. À Painel, ele disse que a acusação ocorre por retaliação de Batista, antigo aliado, e que a conversa era referente à negociação de valores para uma pessoa que participaria de sua campanha. “Pagamento pelo serviço, não pelos votos”, informou.
             (Acompanhe as publicações do  SENADOR SÁ ONLINE no Facebook. Curta  AQUI )

Governador Pimentel(PT) é Chefe De Quadrilha e Recebeu R$ 1 Mi Em Propina, Diz PF

Em relatório final da operação Acrônimo, Polícia Federal afirma que governador de Minas usou um operador e empresas de fachadas para receber propina e ganhar viagens em troca de favores

SENADOR SÁ ONLINE

O governador de Minas Gerais, Fernando Pimentel (PT), é acusado pela Polícia Federal de coordenar um esquema de lobby e ganhar R$ 1 milhão em propinas no período que chefiou o Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio, durante o primeiro mandato do governo Dilma.
As acusações constam do primeiro relatório final da Polícia Federal na operação Acrônimo, produzido no dia 29 de abril. Nesse documento, a PF informa ao Superior Tribunal de Justiça que Pimentel usou seu cargo para dar benefícios fiscais à montadoraCaoa (Hyundai) e, com isso, ganhou propina. Pimentel foi indiciado pela PF
Pimentel também é investigado por tráfico de influência no BNDES, mas essa frente de investigação constará de outro relatório, ainda em fase de elaboração. Na operação Acrônimo, a PF fez o caminho do dinheiro e concluiu que Pimentel usava um operador para lavar dinheiro. Trata-se do empresário Benedito de Oliveira Neto, o Bené. Ele foi preso pela PF porque apresentou consultorias com claros indícios de fraude. Atualmente, ele negocia uma delação premiada. “Tal organização criminosa é coordenada e integrada por Fernando Pimentel que, em razão de seu cargo, facilitou a atuação de outros integrantes do grupo criminoso, ora usando sua influencia política junto ao MDIC para favorecer a atender aos interesses do grupo”, escreve a PF no relatório.
SENADOR SÁ ONLINE
De acordo com a investigação, a Caoa pagou R$ 2 milhões a duas empresas de fachada de Bené _ como foi revelado por ÉPOCA no ano passado. Bené, por sua vez, foi flagrado em mensagens de texto atuando em favor da Caoa junto ao Ministério do Desenvolvimento. A justificativa do dinheiro, contudo, eram consultorias, o que para a PF na verdade é uma fraude. Enquanto a Caoa enviava dinheiro para as empresas de Bené, o empresário custeava despesas de Pimentel.
Segundo a PF, os pagamentos de Bené a Pimentel são, na verdade, propina. Os valores iam desde hospedagem em hotéis de luxo a faturas de condomínio de apartamento e cartão de crédito, além de sucessivos fretamentos de jatinhos. Como ÉPOCA já revelou, Bené pagou Pimentel viagem a Miami e feriado na Bahia. No total, a PF mapeou R$ 1.106.401,50.
“Para usufruir dos valores pagos, Fernando Pimentel, com o auxílio de Benedito, utilizou das empresas de fachada para efetuar pagamentos de hospedagens em hotéis de luxo e fretamento de taxi aéreo em seu favor, dissimulando com isso a origem ilícita de tais valores. O valor apurado na movimentação bancária das empresas de fachada em hospedagens pagas e pagamentos de voos particulares somam R$ 1.106.401,50”.
O papel de cada um 
De acordo com a PF, Bené era o operador do esquema. “Bené atuou como operador de Fernando Pimentel na intermediação dos interesses da empresa privada Caoa junto ao MDIC, bem como coordenador a confecção das evidencias faltas na tentativa de dissimular a entrada de valores nas empresas de fachada”. A PF afirma ainda que as empresas de fachada controladas por Bené tinham até um laranja profissional. “Ricardo Guedes, de forma efetiva, embora menos intensa, aderiu à conduta da organização criminosa, fornecendo seu nome, de forma consciente e voluntária, com o escopo de viabilizar a existência e operação da empresa de fachada, a qual foi criada para lavagem de capitais de origem espúria”.
Pimentel, por sua vez, era responsável por usar sua influência política. Quando ele deixou o ministério, Bené passou a negociar com os sucessores indicados por Pimentel. “Os elementos de prova obtidos demonstram que o esquema criminoso, coordenado e integrado por Fernando Pimentel, utilizava a máquina pública, uma vez que servidores públicos estavam inseridos nesse contexto para barganhar facilidades e benefícios fiscais”, disse a PF.
O advogado de Fernando Pimentel, Eugênio Pacceli, nega as acusações da PF. “Negamos absolutamente. Não tem o menor cabimento e mostraremos o comprobatório dos valores. Vamos levar ao conhecimento da Justiça e do Ministério Público. Muitas dessas viagens fazem parte das verbas de campanha eleitoral. Mas tudo vira um balaio só”. O advogado de Bené, Roberto Pagliuso, disse que não comentaria o relatório da PF. O advogado de Ricardo Guedes nega as afirmações da PF. “As acusações são frágeis e inverídicas. A defesa tem convicção de que a inocência será reconhecida pela Justiça”, diz o advogado Pedro Ivo Velloso.
O advogado da Caoa, José Roberto Batochio, disse que a contratação das empresas de Bené foi legal. “A PF presume sem nenhuma prova. Houve emissão de nota, contrato, pagamento de imposto. O objetivo é incriminar Pimentel e por isso se passou a dizer que a consultoria estava na internet. A internet é hoje o depositório do conhecimento humano. Não estão nas bibliotecas. É muito difícil um trabalho técnico que não tenha fragmento na internet. A Caoa mantém a veracidade da consultoria e os relatórios estão sendo usando em projetos da montadora”.
            (Acompanhe as publicações do  SENADOR SÁ ONLINE no Facebook. Curta  AQUI )

Diário Do Nordeste Deixa De Circular Aos Domingos

Jornal faz opção por edição de fim de semana aos sábados
SENADOR SÁ ONLINE

Depois de uma onda de demissões na redação, provocadas pela crise econômica, o alto preço do papel a inflacionar os custos industriais e a queda na circulação de suas edições impressas, o Diário do Nordeste  anunciou o fim da edição de domingo do jornal, que terá apenas uma edição de fim de semana, entregue no sábado de manhã. Embora o comunicado oficial ainda não tenha sido feito, a decisão já está tomada pela diretoria do Sistema Verdes Mares e será colocada em prática já a partir deste sábado, 7. 
Procurada pela reportagem do portal Cnews, a direção do jornal confirma o fim da edição de domingo, mas não justificou as razões para essa medida. Uma das explicações pode estar na perda da força do mercado impresso para a mídia digital, que está impondo novas estratégias de mercado ao Diário do Nordeste.  Nessas condições, o fim da edição dominical é apenas a ponta do iceberg de um novo modelo de negócio de mídia que está sendo repensado e se mostra imperativo. 
Um editorial deverá confirmar a reformulação que está sendo proposta, a exemplo do que ocorre com outros veículos impressos e que poderá ser seguido, também, por outro tradicional veículo cearense, o jornal O POVO. O entendimento para essa tomada de decisão é que a edição de sábado tem uma vida muito curta, já que a dominical começava a circular no início da tarde.
O fim da edição dominical não é a única mudança a ser feita no DN. Cadernos também deixarão de circular todos os dias da semana e até mesmo a distribuição deverá sofrer alteração, com restrição para algumas regiões do Estado.
                 (Acompanhe as publicações do  SENADOR SÁ ONLINE no Facebook. Curta  AQUI )

RUMO AO PLENÁRIO COMISSÃO DO SENADO APROVA IMPEACHMENT DE DILMA

RESULTADO DA VOTAÇÃO FOI 15 A FAVOR E 5 CONTRA ADMISSIBILIDADE
SENADOR SÁ ONLINE
A comissão especial do impeachment da presidente Dilma Rousseff aprovou, nesta sexta-feira (6), a admissibilidade do processo contra a petista. Na quarta-feira (11), o plenário do Senado votará o impedimento. Se aprovado, em votação que precisará de, no máximo, 41 senadores, Dilma será afastada por até 180 dias das suas funções de presidente.
Os petistas atuaram como verdadeiros cães de guarda de Dilma, tentando insistentemente desacreditar o relatório do senador Antônio Anastasia (PSDB-MG). Porém, não conseguiram minar a força do "impecável parecer", segundo o senador Fernando Bezerra (PSB-PE).
A nova estratégia petista é desqualificar a votação conduzida pelo presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), afastado, por unanimidade, pelo Supremo Tribunal Federal (STF). Juristas, no entanto, afirmam que não procede a tese. Porque o processo foi referendado por maioria esmagadora dos deputados federais: 367.
Neste meio termo, conforme antecipado pela coluna do Cláudio Humberto, Dilma já monta um governo paralelo e busca uma casa luxuosa e espaçosa no Lago Sul, bairro nobre de Brasília.
Votação
Veja como votou cada senador da comissão do impeachment:
A favor (15)
  • Dário Berger (PMDB-SC)
  • Simone Tebet (PMDB-MS)
  • Waldemir Moka (PMDB-MS)
  • Helio José (PMDB-DF)
  • Antonio Anastasia (PSDB-MG)
  • Cássio Cunha Lima (PSDB-PB)
  • Aloysio Nunes (PSDB-SP)
  • Ronaldo Caiado (DEM-GO)
  • Ana Amélia Lemos (PP-RS)
  • Gladson Cameli (PP-AC)
  • Fernando Bezerra Coelho (PSB-PE)
  • Romário (PSB-RJ)
  • Wellington Fagundes (PR-MT)
  • José Medeiros (PSD-MT)
  • Zezé Perrella (PDT-MG)
Contra (5)
  • Gleisi Hoffmann (PT-PR)
  • Lindbergh Farias (PT-RJ)
  • José Pimentel (PT-CE)
  • Telmário Mota (PDT-RR)
  • Vanessa Grazziotin (PC do B-AM)
                      (Acompanhe as publicações do  SENADOR SÁ ONLINE no Facebook. Curta  AQUI )

PSDB Quer Presidência Da Câmara

SENADOR SÁ ONLINE
Dirigentes tucanos já negociam com o vice-presidente Michel Temer um acordo político para conseguir eleger o deputado federal Antônio Imbassahy (PSDB-BA) para a vaga de Eduardo Cunha (PMDB-RJ) no comando da Câmara. Ontem após a decisão de Teori Zavascki pela manhã conversas foram adiantadas.
Eleger alguém do PSDB tem como afastar Cunha do comando, mesmo de fora, uma vez que o peemedebista tem muita influência na Casa.
                       (Acompanhe as publicações do  SENADOR SÁ ONLINE no Facebook. Curta  AQUI )

5 de mai de 2016

DILMA FAZ DE TUDO PARA ATRAPALHAR O PAÍS

SENADOR SÁ ONLINE

Prestes a ser EXPULSA do cargo de presidente, Dilma Roussef está fazendo de tudo para inviabilizar o próximo governo, em uma clara demonstração de sua personalidade ruim, perseguidora. 

Dilma está mostrando a sua verdadeira face de terrorista!
                  (Acompanhe as publicações do  SENADOR SÁ ONLINE no Facebook. Curta  AQUI )

Teori Afasta Cunha Do Cargo De Deputado Federal

SENADOR SÁ ONLINE
O ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Teori Zavascki determinou nesta quinta-feira (5) o afastamento do presidente da Câmara Eduardo Cunha (PMDB-RJ) do mandato de deputado federal. O relator da Lava Jato apontou 11 situações que Cunha usou o cargo para “constranger, intimidar parlamentares, réus, colaboradores, advogados e agentes públicos com o objetivo de embaraçar e retardar investigações”. A decisão foi tomada em caráter liminar, portanto, cabe recurso ao plenário da Corte.
Cunha será substituído na presidência da Câmara por outro investigado na Lava Jato, o deputado Waldir Maranhão (PP-MA)
               (Acompanhe as publicações do  SENADOR SÁ ONLINE no Facebook. Curta  AQUI )

Procuradoria Da Câmara Aciona Dilma e Lula No Supremo e Na Justiça Federal

Para Cláudio Cajado a Presidenta terá que dizer quem é responsável pelo “golpe” e quais ações usou para evitá-lo; o ex-presidente deverá esclarecer quem integra a “quadrilha legislativa” que, segundo ele, pediu o Impeachment
SENADOR SÁ ONLINE
Brasília-DF, 05/05/2016) O procurador da Câmara dos Deputados, Cláudio Cajado (DEM-BA), informou nesta quinta-feira, 5, que entrou com duas ações interpelativas, uma no Supremo Tribunal Federal (STF) e a outra na Justiça Federal contra a presidente Dilma Rousseff e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.    
Em entrevista coletiva nesta manhã na Câmara, Cláudio Cajado, afirmou,  juntamente com iniciativa de alguns deputados federais, e principalmente, do deputado Julio Lopes (PP-RJ), que a presidente Dilma Rousseff terá que “explicar qual o golpe que está sendo dado, quem é o responsável por este golpe? Em tendo ela a condição de presidente da República que iniciativas adotou para que este golpe, se efetivamente existe, foram feitas para impedir que ele ocorresse?”
Declarações exageradas
Cláudio Cajado explicou que a iniciativa de entrar com as ações foram motivadas por declarações proferidas por Dilma e Lula, em referência à atitude que os deputados tiveram ao discutir e votar o Impeachment da presidente da República.
“Essa questão, que estamos levantando, hoje, antes da decisão do Senado pelo Impeachment, que ocorrerá amanhã na comissão posteriormente no plenário do Senado na semana seguinte, é para deixar claro que nós queremos esclarecimentos sobre essas iniciativas ditas, inclusive dentro, nas dependências internas do Palácio do Planalto que a nosso ver é muito grave”, detalhou Cajado.
O procurador da Câmara revelou que o deputado Júlio Lopes desenvolveu essa tese que foi encampada pela procuradoria em defesa da Câmara dos Deputados.
“Ingressei, como procurador, com essa ação de forma a preservar a imagem da Câmara e seus membros para que a presidenta Dilma Rousseff possa esclarecer em que se dá essa questão que ela aborda sobre o golpe”, ressaltou Cajado.
“Quadrilha legislativa”
Quanto à interpelação ao ex-presidente, o motivo foi Lula ter dito que esse Impeachment era promovido por uma “quadrilha legislativa”. Segundo Cajado, houve “ofensa grave à Câmara dos Deputados”.
Ele enfatizou ainda que a ação na Justiça Federal contra o ex-presidente Lula, teve o “intuito de fazer valer com que a Justiça prevaleça e ele possa esclarecer, então, quem são membros dessa quadrilha legislativa que praticou o Impeachment?”
Cajado deixou claro que a intenção é convidá-los, tanto Dilma, quanto Lula, para prestar esclarecimentos.
Não há golpe
Já o deputado Júlio Lopes (PP-RJ) afirmou que o intuito de buscar apoio dos líderes de partidos é o de “declarar fortemente ao Brasil à toda a sociedade, à comunidade internacional que não há o que se falar de golpe no Brasil”. Ele acrescentou: “Não há nenhum andamento que não esteja constitucionalmente previsto e na mais absoluta normalidade democrática.”
Providências
Julio Lopes entende que com a interpelação à presidente da República, quer se saber quais providências ela, como chefe de Estado e chefe de Governo, tomou.
“São de sua (Dilma) responsabilidade proceder na defesa da democracia. Se há um golpe em andamento, e esse golpe foi denunciado, nós gostaríamos de saber que providências ela tomou nesse sentido, porque, se não o fez, incorreu, no mínimo, em inobservância de suas funções constitucionais, o que é grave”, disse.
O deputado do Rio de Janeiro observou que a ação é preparatória de uma ação criminal. “Obviamente, ninguém quer chegar a isso, porque o que se pretende é apenas esclarecer ao Brasil que não há qualquer golpe de que se precisa preservar as instituições e a normalidade do trabalho de todas elas”, destacou.
               (Acompanhe as publicações do  SENADOR SÁ ONLINE no Facebook. Curta  AQUI )